fbpx

A melhor CPU para After Effects | O Guia Definitivo

Montar uma Workstation para trabalhar com After Effects não é simples. Há um sem fim de componentes que precisamos escolher de forma sábia, desde qual CPU ou GPU, a quantidade de memória RAM ou mesmo quantos e quão rápidos serão nossos HDDs e SSDs. Mas o Processador – CPU – é de longe a peça mais capciosa desse processo, e nesse artigo responderemos à pergunta que todos fazem: qual CPU devemos usar para trabalhar com After Effects?

As CPUs desse comparativo são o Intel Core i7 6700K, o Intel Core i7  6850K/6900K/6950X e duas configurações com 2x Xeon E5-2643 V4 e 2x Xeon E5-2690 V4.

Dividimos os testes em três categorias: animação 2D, edição de vídeo (trabalhando com arquivos de vídeo), e motion tracking. Além disso, nas duas primeiras categorias, testaremos o processo de render e navegação pela timeline (para o caso de haver alguma opção de CPU que é particularmente boa ou ruim para ambas tarefas). Se estiver com preguiça, você pode ir direto para nossa conclusão, ao final do post.

Configurações do Teste

Para testar o After Effects, usamos as seguintes configurações gerais de PC:

Hardware de Teste
Motherboard: Asus Z170-A Asus X99 Deluxe II Asus Z10PE-D8 WS
CPU: 1x Intel Core i7 6700K 4.0GHz
(4GHz-4.2GHz Turbo) 4 Core
1x Intel Core i7 6800K 3.6GHz
(3.7-4GHz Turbo) 6 Core

1x Intel Core i7 6900K 3.2GHz
(3.5-4GHz) 8 Core

1x Intel Core i7 6950X 3.0GHz
(3.4-4GHz Turbo) 10 Core
2x Intel Xeon E5-2690 V4 2.6GHz
(3.2-3.5GHz Turbo) 14 Core

2x Intel Xeon E5-2643 V4 3.4GHz
(3.6-3.7GHz Turbo) 6 Core
RAM: 4x Crucial DDR4-2133 16GB
(64GB total)
8x Crucial DDR4-2133 32GB ECC Reg. LRDIMM
(256GB total)
GPU: NVIDIA GeForce GTX 1080 8GB
Hard Drive: Samsung 850 Pro 512GB SATA 6Gb/s SSD
OS: Windows 10 Pro 64-bit
PSU: EVGA SuperNOVA 1600W P2
Software: After Effects CC 2015.3

Essas configurações incluem três diferentes plataformas, além de seis CPUs distintas. Para o After Effects, geralmente se recomenda um sistema X99 que permite que processadores tenham um bom desempenho por core e frequência alta, bem como a habilidade de lidar com grandes quantidades de memória RAM. Contudo, para ter certeza dos resultados, incluímos um Core i7 6700K (que pode lidar com no máximo 64Gb de RAM, mas possui uma excelente performance em single-threaded), e dois sistemas dual-CPU. Sabe-se, no entanto, que os benefícios de sistemas dual-CPU no After Effects são praticamente nulos, mas testaremos mesmo assim, pois talvez você precise de um sistema dual para outras aplicações, e é bom saber o quanto se perde de potência no After Effects.

Para avaliar com precisão as diferentes CPUs, testamos a performance ao renderizar ou navegar pela timeline de uma animação 2D; trabalhar com arquivos de vídeo 1080p e RED 4K (usando os novos efeitos acelerados via GPU e realizando motion tracking). Isso não testa absolutamente todas as possibilidades do After Effects, mas ao passar por uma variedade de projetos e diferentes fontes, esperamos um resultado aproximado de qual a melhor CPU para After Effects.

Os projetos que usamos foram:

2D Animation Projects Length Source
The People’s Template
(1920×1080)
~12 seconds
(30 FPS – 383 frames)
BlueFX
Grunge Frames
(1920×1080)
~30 seconds
(24 FPS – 469 frames)
Free AE Templates
Fiber Particles
(960×360)
10 seconds
(24 FPS – 190 frames)
Video CoPilot
Pop Out Book
(1920×1080)
30 seconds
(29.97 FPS – 901 frames)
Flux VFX
Simple Rings
(1920×1080)
~10 seconds
(24 FPS – 150 frames)
Free AE Templates
5K Subscribers
(1920×1080)
~11 seconds
(30 FPS – 307 frames)
FX Channel House
Video Editing Projects Length Source Tested Effects
H.264 1080p 15 seconds
(59.94 FPS – 900 frames)
Provided by: Jerry Berg
Barnacules Nerdgasm – YouTube
-Lumetri Color Correction

-Gaussian Blur

-Sharpen

RED 4K 20 seconds
(23.976 FPS – 480 frames)
Provided by: Mike Pecci
Director & Photographer
Motion Tracking Projects Length Source
H.264 1080p 5 seconds
(59.94 FPS – 300 frames)
Provided by: Jerry Berg
Barnacules Nerdgasm – YouTube
RED 4K 10 seconds
(23.976 FPS –  240 frames)
Provided by: Mike Pecci
Director & Photographer

Animação 2D

After Effects 2015.3 CPU Comparison

Resultados de Render Individual


Resultados Individuais para navegação na Timeline


A surpresa maior aqui é notar que o Core i7 6700K com apenas quatro núcleos é mais rápido para trabalhos com animação 2D no After Effects. No passado, ter mais núcleos era melhor para o AE, mas com as últimas atualizações do software (e com novos hardwares), ter mais cores não é mais a forma correta de se pensar sobre desenvoltura do After Effects.

Esses testes individuais deram uma variedade tremenda de resultados, se compararmos o Core i7 6700K aos outros, teremos o seguinte: i7 6850K é 2.7% mais lento, o Core i7 6900K é 3.4% mais lento e o  Core i7 6950X é cerca de 9.5% mais lento, mesmo possuindo 10 núcleos! Além disso, os sistemas dual-CPU são incrivelmente mais lentos que o Core i7 6700K: usando 2x Xeon E5-2643 V4 ficamos 13% mais lentos, e com os caríssimos Xeon E5-2690 V4, em dual-CPU perdemos 16% de performance.

Tenha em mente que esses resultados são uma média, pois em alguns casos (como renderizar o projeto “The People’s Template”), o Core i7 6950X foi até 25% mais rápido que o  Core i7 6700K. 

Edição de Vídeo

After Effects Video Editing CPU Benchmark

Resultados de Render Individual


Resultados Individuais para navegação na Timeline

Nos resultados para manipulação de arquivos de vídeo, o Core i7 6900K foi o mais rápido, batendo o 6700K e 6850K por cerca de 2.2-2.4%. Olhando no geral, contudo, todos os Core i7 foram similares. Na verdade, a diferença entre o mais rápido e o mais lento foi de 5%.

E mais uma vez, os sistemas dual-CPU foram mais lentos. A diferença foi menor do que nos testes com animações 2D, mas ainda assim chegaram à casa de 12-15%.

Motion Tracking

After Effects Motion Tracking Benchmark

No caso de Motion Tracking, novamente o Core i7 6700K é o mais rápido. Por outro lado, os sistemas dual-CPU com Xeon chegaram a ser 23% mais lentos que o 6700K.

Conclusão

Hardware para After Effects sempre foi algo complicado de se configurar. Não se pode afirmar categoricamente qual CPU é melhor, pois em alguns casos mesmo os sistemas dual-CPU foram melhores. Então, o melhor que podemos fazer é recomendar qual CPU usar de acordo com a necessidade. Dito isso, eis um resumo dos testes realizados:

After Effects Core i7 Xeon Benchmarks

Olhando a tabela acima, o Intel Core i7 6700K é um forte candidato para ser considerado como o “melhor Processador para After Effects”. Ele é o melhor para animação 2D e Motion Tracking, e fica apenas 2.4% atrás para manipulação de vídeos. Infelizmente, essa CPU tem um problema: permite apenas 64Gb de RAM. Pra alguns pode ser suficiente, mas para certos projetos essa limitação é inaceitável. Assim, apesar dos resultados positivos, é bom lembrar desse limite, pois pode não valer a pena quando se olha o ganho geral em performance.

Então, se o Processador mais rápido não é o ideal, qual seria? Se você trabalha muito com animações, o Intel Core i7 6850K é uma escolha excelente para 2D e também permite quantidades maiores de RAM. Ele é apenas 2.2% mais lento que o CPU mais rápido para manipulação de vídeos.

Se você trabalha muito com vídeos, recomendamos o i7 6900K. Ele é um pouco mais caro que o 6850K, mas é cerca de 2% mais rápido para timeline e render. Para Motion Tracking, o mais indicado seria o i7 6950X, mesmo sendo ele 5% mais lento para timeline e render.

CPUs Recomendadas para After Effets CC 2015.3
2D Animation: Intel Core i7 6850K 3.6GHz (3.7-4.0GHz Turbo) Six Core
Video Editing &
Motion Tracking:
Intel Core i7 6900K 3.2GHz (3.5-4.GHz Turbo) Eight Core

Fonte: PugetSystems | Traduzido e adaptado do artigo original Adobe After Effects CC 2015.3 CPU Comparison

Comentários

comments