6   +   5   =  

Podemos dizer que o Mocha trouxe a arte do tracking (rastreamento) do Olimpo para Mortais. O que sempre foi tarefa complicada, tornou-se banal com a implementação do sistema de Planar Tracking do Mocha e Mocha Pro. Mas ainda assim, algumas coisas continuam difíceis de se rastrear; coisas como um espelho.

Nenhuma ferramenta é perfeita ou absoluta. E no caso de tracking isso é ainda mais real, pois tentar rastrear a posição de um espelho não é moleza. O Mocha procura por padrões e texturas a cada frame rastreado; e com um espelho… Bom, ele reflete profundidade. Isso quer dizer que, ao contrário de rastrear uma superfície plana e limpa, o Mocha rastreará as superfícies refletidas no espelho – ou seja, superfícies que estão longe fisicamente da parede que sustenta o espelho. As informações de tracking serão terríveis.

O truque para se rastrear um espelho é, evidentemente, não rastreá-lo de modo algum. Precisa-se rastrear a parede onde ele está fixado ou partes dela. Rastrear planos que estejam no mesmo “lugar” que o espelho e coisas assim. Resumindo: você precisa ter certeza de excluir o espelho na hora de rastrea-lo. Precisará fazer de modo indireto.

Stephen Sprinkles, do PixelBump, mostra algumas formas de se rastrear um bendito espelho em cenas onde a perspectiva muda em relação à área que se quer rastrear. Uma vez que o track esteja pronto, Stephen passa a adicionar efeitos ao espelho.


Fonte: Lesterbanks

Comentários

comments