fbpx

O poder dos Match Cuts no Motion Graphics

Match Cuts são cortes essenciais na animação. Eles possuem o poder de deixar sua narrativa muito mais poderosa, interessante e fluida. Caso você ainda saiba do que se trata, esse artigo é pra você.

(Foto de capa retirada do Curta – Sollus by IV)

Ser um expert no After Effects e dominar este software, muitas vezes torna-se a prioridade número 1 de muitos profissionais. Entretanto, é importante lembrar que Motion Design é uma linguagem, e como toda linguagem, carrega em si, várias técnicas narrativas, como é o caso do Match Cut.

E acredite: em muitos projetos, o domínio de técnicas de narrativa poderá dar ao resultado final um visual muito mais profissional, do que a simples aplicação de ferramentas de um software. Por isso, neste artigo, lançaremos um olhar mais atento aos Match Cuts e ao poder que eles têm em um job.

Traduzindo literalmente Match Cuts significam cortes de correspondência e fazem parte do ensino da linguagem cinematográfica. Embora, esta técnica seja comumente ignorada pelos animadores, ela é altamente transferível para o Motion Design.

Este pequeno vídeo tutorial de Jacob Richardson, ex – aluno do School of Motion, faz uma ótima introdução do que são Match Cuts.

Se quiser se aprofundar olhando o projeto de outro profissional, o School Of Motion disponibilizou o download de um arquivo com um projeto contendo Match Cuts – Clique aqui para fazer o DOWNLOAD

O que são Match Cuts?

Os Match Cuts são uma técnica de transição entre duas cenas usando ação semelhante e / ou com um enquadramento parecido combinados um com o outro. Eles ajudam a estabelecer o simbolismo entre imagens, gerar cortes mais suaves e a mostrar passagem do tempo, por exemplo.

Na animação, isso pode economizar tempo, permitindo que você pule a criação de animações complicadas e controle o olhar do espectador. Não há limite criativo para se aplicar Match Cuts, eles podem ser usados em todos os tipos de elementos de design, incluindo caracteres, shapes, cores ou qualquer movimento entre dois frames.

Match Cuts com Movimentos

Existem várias abordagens ao criar um movimento necessário para uma determinada cena. Você pode usar rotação, alterar a posição do objeto ou trabalhar com a escala do mesmo

Normalmente, o objeto principal desta transição estará praticamente na mesma posição que na cena anterior. Por isso, é importante manter o movimento contínuo entre um objeto e outro, desta forma, o espectador não ficará incomodado com a mudança repentina na imagem.

Yellow, uma animação da CNN sobre cores em nosso mundo, mostra alguns Match Cuts usando movimento de forma primorosa

Yellow – CNN Colorscope

Match Cuts usando enquadramento

Os Match Cuts são realmente úteis quando você procura extrair emoção de sua cena e levar o público a uma viagem no tempo. Para este tipo de corte você deverá estar ciente da composição acima de tudo. O corte entre objetos com formas semelhantes é a chave para extrair esse efeito.

Foque em algo para o público se concentrar, este objeto deverá ser constante durante a passagem do tempo. Por exemplo, em Solus por IV, observe o uso do movimento lento e de Match Cuts para mostrar progressão de tempo enquanto o olhar está focado na espaçonave.

Solus by IV

Como os Match Cuts atraem o olhar do espectador?

A verdade é: a maior parte dos espectadores não perceberá um Match Cut no momento em que são colocados na tela. Pois, nosso subconsciente completa automaticamente a história que é contada, e fará a relação automática entre o ponto A e B entre duas imagens. O nosso cérebro não consegue evitar um bom Match Cut pois ele estará interagindo com a animação completando essas lacunas. É uma sensação extremamente prazerosa, assim quando montamos um quebra-cabeças ou resolvemos um puzzle.

Assista a esta linda peça colaborativa do Blend Manifesto e deixe seu cérebro ainda mais feliz com estes Match Cuts.

Blend Manifesto – Projeto Colaborativo

Concluindo, os Match Cuts são extremamente eficientes e elegantes em uma animação, pois o espectador irá encará-lo com uma continuação natural do movimento, enquadramento e som que compõe um determinado trabalho.

Mantenha estas três coisas em mente quando pegar um novo trabalho em Motion Design. Match Cuts podem levar algum tempo para ficarem perfeitos, mas logo você começará a ver as possibilidades em todos os lugares.

Este artigo é uma tradução e adaptação do original, Seamless Storytelling: The Power of Match Cuts in Animation, via blog do School Of Motion)

Comentários

comments