Uma senha sera enviada para seu e-mail

Pare tudo o que está fazendo e assista Megalo Box!

A indústria de animação japonesa é sempre uma caixa de boas surpresas. Apesar do volume imenso produzido por lá, boa parte do material é ruim, mas todos os anos grandes animes surgem e ganham espaço. Um deles é Megalo Box, que estreou em Abril desse ano no Japão.

Gearless Joe

Megalo Box é uma série de apenas 13 episódios criada em comemoração ao 50º aniversário do mangá Ashita no Joe, criado por Asao Takamori. A série se passa em um cenário futurista, mas não tão distante da nossa realidade, e o “Megalo Box” é um esporte popular no mundo todo, sendo semelhante ao boxe, exceto pelo fato de que os pugilistas lutam usando um exoesqueleto de metal; os chamados Gear.

Junk Dog é o ‘nome’ do protagonista; um jovem que participa forçosamente de lutas ilegais no submundo do crime, sem chance alguma de sair vivo. A história gira em torno de como Junk Dog e seu treinador – o picareta Gansaku Nanbu -, tentam se safar da máfia das lutas ilegais. Por meio de vários subterfúgios, ambos conseguem uma passagem para o Megalonia, torneio oficial cujo prêmio e fama podem livra-los dos problemas do submundo. Com isso Junk Dog assume a alcunha de Gearless Joe, simbolizando o fato de que ele luta sem um exoesqueleto, já que não tem dinheiro para possuir um.

O traço da animação lembra muito os trabalhos de Shinichiro Watanabe (Cowboy Bebop, Space Dandy), e o visual no geral remete bastante a animes como Afro Samurai e Samurai Champloo – o que é excelente -, apesar de ser um pouco mais estilizado e propositalmente rústico. É um anime lento, com história reflexiva e nada apelativo; o completo oposto das animações japonesas mais famosas como Dragon Ball Z.

Megalo Box está disponível no serviço de stream Crunchyroll – de graça com comerciais intercalados -, ou pode-se usar o site Anime Sync, para assistir online de modo escuso. Vale cada minuto investido.

Comentários

comments