Uma senha sera enviada para seu e-mail

Iniciação ao Radeon ProRender no Cinema 4D R19

Mal me acostumei ao Cinema 4D R18 e a Maxon fez o favor de anunciar e liberar o Cinema 4D R19 que inclui, dentre muitas novidades, um novo motor de render nativo via GPU. O Radeon ProRender é um mecanismo de renderização rápido, livre e fisicamente preciso, completamente integrado ao C4D R19.

O interessante sobre o ProRender, é que ele é um agnóstico em relação a hardware: Você não precisa de uma marca específica de placa de vídeo para executá-lo, tampouco se preocupar com qual sistema está utilizando o C4D. Isso nos leva a um ponto ainda mais interessante: o Cinema 4D possui a única versão do ProRender compatível com o MacOS, ao menos até onde sei sobre o assunto. O Radeon começou no MacOS com a versão Alpha para o Autodesk Maya, mas, desde então, somente versões do Windows e Linux foram lançadas para qualquer plug-in DCC.

A renderização interativa – via GPU -, ganhou enorme popularidade nos últimos dois anos, tornando-a barata e mais rápida do que a renderização tradicional baseada em CPU.

O renderizador pode ser novo, mas a qualidade de renderização é de primeira qualidade. No C4D R19, podemos anexar uma visualização do GPU Render a qualquer viewport. Se você não estiver familiarizado com o modus operandi de renderização via GPU, pode usar a exibição de renderização como qualquer outra viewport no C4D. Você pode ter feedback instantâneo ao selecionar e mover objetos, mover a câmera ou alterar atributos em materiais e iluminação.


Fonte – Lesterbanks

Comentários

comments