fbpx

Michael Jones é o fundador do curso-site-escola Mograph Mentor. Atua na área de motion design há pelo menos uma década e trabalhou com marcas como Nike, Microsoft e Adidas. Atualmente é um dos mentores do Mograph Mentor.



Apresentar projetos para clientes é uma parte crucial de trabalhar nas artes digitais, seja ela qual for. Somos contratados porque trazemos experiência e soluções para o projeto. Portanto, é importante que façamos isso da forma correta. Aqui estão 5 dicas para essa parte da produção.

  • Layout importa.

Apresente o projeto de forma clara e objetiva. Se seu layout não está alinhado, com uma hierarquia clara, tenha certeza que trará feedback negativo. Certifique-se de que sua apresentação seja muito bem marcada; que é estruturalmente sólida e fácil de visualizar. Atender seus clientes em alto nível é prestar atenção a todos os pequenos detalhes. A forma como apresenta um projeto é tão importante quanto o projeto em si.

  • Não pense que o cliente sabe o que você pensa.

Não basta simplesmente falar de conceitos ou outras coisas em uma apresentação e assumir que o cliente entenderá a forma como pensa. Eles não são adivinhos, e pior, muitos podem ser novos em produção e ficam confusos sobre como storyboards ou desenhos conceituais se relacionam com o produto final. Uma descrição escrita no início do documento pode ajudar a salvar horas de confusão e frustração. A regra número 1 do freelancer é: não seja a fonte de frustração e raiva do dia do seu cliente. Eles não leem mentes, então tire um momento da apresentação para explicar o seu ponto de vista.

  • Separe conceitos de forma clara.

Isso é algo que aprendi da maneira mais difícil. Certa vez apresentei alguns conceitos de direção de arte sem divisões claras entre idéias. Assumi que essa divisão era óbvia, mas essa postura me trouxe alguns problemas. Acontece que depois disso os clientes queriam um produto final híbrido, que combinasse ambos os estilos apresentados, pois “Gostaram muito de ambos!” Isso se transformou em um pesadelo de produção, com um produto final de baixa qualidade que não tinha direção clara.

  • Não apresente projetos que não consiga produzir.

Como motion designer, pode ser fácil criar um frame único e impressionante deixando a imaginação dos clientes correr solta. Certifique-se de apresentar conceitos que podem ser animados ou produzidos dentro do orçamento e do tempo permitido. Se não quer que o projeto siga em uma mesma linha até o final, não faça frames individuais em torno do material inteiro. É uma dica óbvia, mas é algo que tenho que me lembrar muitas vezes.

  • Defenda suas ideias.

Alguns artistas são passivos demais em apresentações de trabalhos ou idéias. Isto faz uma apresentação terrível e provavelmente o cliente não vai querer trabalhar com você novamente. O cliente terá sempre a última palavra, mas apreciam trabalhar com artistas que trazem soluções diferentes. Não seja insosso, pois esse é o caminho rápido para a rua.

Apresente a solução certa e, em seguida, mantenha-se firme nos motivos de achar que seja certa. A pior coisa que um artista ou designer pode fazer é apresentar o trabalho pela metade, como se não amassem o que fazem.

Fonte: Michel Jones Blog
Artigo Original (em inglês): 5 Tips For Presenting Your Work To Clients

Comentários

comments