9   +   2   =  

O degradê foi algo que ganhou bastante notoriedade nos últimos meses e, apesar de ser bem comum na indústria, sempre irá carregar consigo aquela linha tênue entre o bonito trash. Afinal de contas, é muito simples estragar uma imagem ao adicionar degradê, e isso se deve a limitação que temos com a interpolação RGB criada entre as cores.

Degradê mais agradável X Degradêu ruim

Degradê mais agradável X Degradêu ruim

Degradê mais agradável X Degradêu ruim

Degradê mais agradável X Degradêu ruim

João Faraco explica direitinho nesse tutorial como podemos construir um degradê mais fiel e agradável de ser visto (ok, bonito é algo relativo… mas você entendeu o ponto, haha). De início pode-se parecer algo muito óbvio, né?! Mas acredite, não é. Até porque o quão difícil é achar trabalhos com degradês frustrantes pela web? Para ter uma maior liberdade, João utiliza uma biblioteca de JavaScript chamada D3, com esse código, para experimentar outros tipos de interpolação, como a LAB e HCL. Desta forma o degradê se torna mais fiel ao circulo cromático e mantém as cores menos escuras. Legal, né?!

Comentários

comments