fbpx

Como fazer um bom design sem ser designer

A parte do “Design” em um vídeo de Motion é um grande desafio para boa partes dos profissionais da área que não tiveram um background em Design Gráfico.

É totalmente possível ter sucesso na profissão sendo um baita animador, sem fazer design. Porém, assim você precisa sempre trabalhar lado a lado com um designer ou ilustrador.

Como o mercado Brasileiro cobra que sejamos generalistas, principalmente por falta de orçamento para contratar diversos profissionais diferentes, mesmo um especialista em animação, vez ou outra, acaba sendo obrigado a lidar também com o design.

Dito isso, aqui vai uma dica breve de como fazer um design bom, mesmo se você não é um bom designer:

Trabalhe com a menor quantidade de variáveis possível.

Não estou dizendo para você ser sempre minimalista. Minimalismo é diferente. Pressupõe o uso mínimo de elementos na composição. O que eu proponho é que você sempre faça um design simples, não mínimo.

Quanto mais elementos você tem para “controlar” dentro da sua composição, mais difícil vai ser chegar a um equilíbrio.

O que isso quer dizer, na prática:

Quanto mais cores você usar, mais difícil vai ser encontrar um equilíbrio harmônico entre elas. Portanto, você deve usar no máximo 3 cores. Se possível, só duas.

Se o projeto precisar de palavras, use sempre a mesma tipografia. De preferência, use-as sempre do mesmo tamanho e com o mesmo alinhamento (sempre alinhado a esquerda ou sempre centralizado).

Antes de pensar como será seu design, pense no que ele não vai ser. A ideia é que você crie limitações para si mesmo. Se você, logo no começo, estipular o tamanho das fontes que vai usar, não vai ficar quebrando a cabeça tomando essa decisão.

Você pode criar uma pequena biblioteca, com as (poucas) cores que vai usar, uma tipografia (ou duas, se for muito necessário), os tamanhos das fontes permitidos, e os grafismos, texturas e elementos (quanto menos, mais fácil chegar a um bom design).

Poucos elementos para manipular, poucas variáveis para decidir e, consequentemente, menos erros para cometer. Essa é a ideia.

Como dito antes, o que estamos falando não tem nada a ver com minimalismo. Por exemplo: você pode definir que fará uma composição de triângulos (neste caso, evite usar outras formas geométricas). Então, pode decidir o formato, o tamanho e a cor dos triângulos que usará, e adicionar muitos deles ao seu design. Estará longe de ser um design minimalista, mas as variáveis serão limitadas.

Se há algo para ser chamado de “errado” em design, é a inconsistência. Estas dicas vão garantir que você faça sempre um design consistente e tenha menor chance de erro.

Aqui estão dois outros artigos meus que vão te ajudar a melhorar seu design:

O segredo do bom design: contraste.

Combinando diferentes fontes em seus Letterings.

Como aprender design?

Comentários

comments