fbpx

Diga quantas vezes já passou por essa situação: você quer fazer algo, mas simplesmente não sente vontade de fazer na maioria das vezes que tenta começar. Acaba sempre deixando pra depois, ou pra quando realmente se sentir “inspirado”, ou até começa a fazer, mas logo que começam as primeiras dificuldades cai na procrastinação, só para no dia seguinte se sentir culpado pela própria falta de disciplina.

tumblr_lz4alxes5b1r4m6qoo1_400Pois é, ninguém é um The Dude. Todos nós precisamos e queremos fazer tantas coisas, mas passamos por isso muitas vezes.

Mas ao contrário do que pode parecer muitas vezes, disciplina não é uma característica inata de algumas pessoas sortudas, mas na verdade é uma habilidade que pode ser desenvolvida por qualquer pessoa.

As pessoas que são realmente disciplinadas aprenderam uma coisa que as outras ainda não entenderam: não espere até você se sentir inspirado, “na vibe”. É comum a idéia equivocada de que as pessoas disciplinadas de alguma forma “sentem” vontade de fazer coisas mais do que as outras pessoas. Mas na realidade não é nada disso que acontece.

Disciplina pode e deve ser desenvolvida. Mas pra isso é preciso um certo esforço inicial, criação de hábitos e nenhum medo de errar.

Pra ajudar, vamos falar sobre algumas dicas que ajudarão a subir aquele degrau que você tem tanta vontade de alcançar, mas acaba sempre deixando pra depois. Nesse post falaremos da primeira delas:

Dica #1 – Analise como você está gastando seu tempo e elimine distrações

Vivemos na era da distração. Cada vez mais aparecem novos aplicativos, séries, redes sociais, etc, competindo pela nossa atenção. E não apenas a quantidade, mas também o próprio design e a programação de todas essas coisas é feita para nos atrair cada vez mais (coisa que nós, como designers, estamos carecas de saber), tornando muito difícil, realmente, não se deixar ficar completamente absorto por elas.

Por causa disso, precisamos prestar atenção especial em que gastamos nosso tempo. Tente fazer isso: primeiro, anote quantas horas você gasta em cada uma das suas atividades diárias. Quando tiver o total de horas gastas no seu dia pra cada atividade, multiplique por sete, ou pelo número de dias na semana em que você pratica aquilo. Será o total gasto na atividade em uma semana. Faça isso para todas as atividades e some todas as horas para o total geral.

Depois, subtraia desse total 168 (o total de horas que existem em uma semana). Por exemplo:

  1. Internet & Tv: ___ x 7 = ___ (total semanal)
  2. Trabalho/Estudo: ___ x 7 = ___
  3. Social/ Amigos: ___ x 7 = ___
  4. Familia: ___ x 7 = ___
  5. Exercício: ___ x 7 = ___
  6. Leitura (por prazer): ___ x 7 = ___
  7. Dormir: ___ x 7 = ___
  8. Cozinhando/Comida: ___ x 7 = ___
  9. Trânsito/Deslocamento: ___ x 7 = ___
  10. Outros: ___ x 7 = ___
    Soma total: ___

Subtraia do total da semana: 168 hrs – (sua soma total) = ___

Isso vai dá-lo uma visão geral de como está gastando seu tempo; também vai mostrar buracos que você não percebeu ainda.

O próximo passo é definir em que está perdendo mais tempo (atividades que você gaste seu tempo mas que não contribuem para seus objetivos). Volte na lista e seja honesto consigo mesmo. Quais dessas atividades são perda de tempo, e quais realmente valem a pena pra você?

  • Facebook
  • Youtube
  • TV

Imagine gastar cinco horas por dia nessas atividades. Será que no fim da semana você estará usando seu tempo de maneira eficiente?

Calma, não precisamos simplesmente cortar 100% de atividades como essas. Muitas vezes apenas limitar nosso tempo para elas, já pode ajudar a focar no que realmente interessa. Por exemplo, definir 15 minutos diários para o Facebook, fará você responder apenas as mensagens e posts que interessam, e ajudará a se manter mais conectado e focado. Identifique suas tentações e crie mecanismos para bloqueá-las ou reduzi-las.

“Elimine o máximo de distrações e tentações que puder, porque ainda assim sobrarão várias que você não poderá remover.

Um truquezinho que pode funcionar é escrever num bloquinho quando alguma distração vier cutucar sua mente — Facebook, WhatsApp, Twitter, etc. Qualquer coisa que não seja pra você estar fazendo naquele momento, escreva no bloquinho e volte a trabalhar. Se a mesma tentação voltar a cutucar, olhe para o bloquinho e considere um jogo consigo mesmo, em que não pode fazer o que está escrito na lista até completar seu trabalho.

No início pode ser bem complicado manter a disciplina suficiente para fazer truques assim. Mas existem vários programas que podem ajudar a bloquear algumas distrações online. Quatro deles são:

  • Freedom – bloqueia seu acesso a sites e applicativos durante o tempo que você estipular.
  • Rescue Time – monitora sua atividade online e offline no computador, dizendo quanto tempo você gastou em cada, além de permitir criar categorias de importância para cada uma delas e criar objetivos baseados nesses dados.
  • Kanban Flow – site de gerenciamento de projeto em que você pode organizar sua lista de tarefas, semelhante ao Trello, mas mais simplificado e ao mesmo tempo com mais liberdade. Também tem a vantagem de ter um timer da técnica Pomodoro que ajuda a gerenciar seu tempo.
  • Habitica (HabitRPG) – outro site de gerenciamento, open source, mas nesse você cria um avatar e as tarefas cumpridas viram pontos para incrementa-lo. Tarefas não cumpridas tiram seu HP, como num RPG. Infelizmente não possui timer ainda.
  • Timely – Também outra plataforma de gerenciamento similar ao Kanban Flow, mas permite integração com o Rescue Time, sua conta do google e muitos outros apps de gerenciamento  e dessa forma te dá informação de quanto tempo você gastou numa tarefa ao mesmo tempo em que organiza sua agenda. Também tem uma função que calcula o orçamento de um projeto, seja de um valor fixo por tarefa ou baseado numa taxa por hora de trabalho.

Mas se lembre de que nem sempre eliminar por completo a distração é a melhor opção para desenvolver disciplina, afinal é muito mais fácil se manter de dieta sem nenhum doce por perto, e ainda assim terão almoços de família com suas três sobremesas favoritas. Saber dizer não para situações em que fique exposto à sua distração é o que vai fortalecer sua disciplina. Uma dica é começar controlando as distrações ao máximo e aos poucos ir liberando. Eventualmente, você chegará ao ponto em que não precisará de nenhuma ajuda de aplicativo, bloquinhos ou qualquer outra coisa. A sobremesa vai estar ali e você dirá não naturalmente ou no máximo se servirá de uma pequena fatia.

Identificar suas distrações e controla-las pode dar vários “insights”, e ajudar a priorizar o que é realmente importante para você. Esse é um dos primeiros passos para começar a procrastinar menos e produzir mais.


Fontes: Zdravko Cvijetic & Sean Wes

Comentários

comments