fbpx

5 Dicas para aprender Motion Design e Animação

Essa semana, Ben Merriott, Motion Designer da Austrália, postou um vídeo sobre dicas para aprender motion design e animação. Achei as dicas incríveis e não pude deixar de traduzir na forma deste artigo.

Eu já escrevi um artigo aqui onde ele me respondeu algumas perguntas sobre a produção de tutoriais para a internet.

Este é o vídeo completo do Ben que se chama 5 Tips for Learning Motion Design & Animation. Aproveite a versão brazuca deste conteúdo.

Antes de tudo, é importante dizer que você não precisa ir para uma escola ou faculdade para aprender motion design, pois existem muitas e até melhores formas de aprender online!

1  Não se esqueça do Design

Eu acredito que o Design é mais importante que animação. Quanto mais eu aprendo sobre animação, mais eu percebo que se o design não é bom, a animação também não será boa. 

Você pode criar a melhor e mais complexa animação, porém, se os elementos não foram elaborados com um bom design, o resultado final será ruim. Se o projeto tiver um design bem feito,  apenas algumas animações simples e sutis são necessárias para uma cena com bom resultado. 

Com toda certeza a melhor combinação para um projeto é a junção de bom design com uma animação bem elaborada. Porém, não é todo projeto que você consegue decidir quanto tempo poderá gastar na animação e no design. 

Eu acredito que gastar mais tempo com o design é a melhor escolha . Quando o design é bom você não precisa de muito na animação para deixar as pessoas entretidas e chamar sua atenção, mesmo sabendo que o design é uma habilidade muito difícil de se aprender, principalmente por ser muito subjetiva e artística.

2  Siga seus interesses

A principal razão para seguir seus interesses e suas paixões é o fato de que você estará mais motivado, e quanto mais motivado você estiver, mais você vai aprender. Se  você quer muito uma coisa e se dedica, você corre atrás e consegue.

Suas características e seus gostos refletirão no seus trabalhos e projetos como motion designer, fazendo de você um profissional único.

3  Atenção aos fundamentos

O fundamento é o que há de mais importante para qualquer prática. Em quase todos os projetos comerciais que trabalhei, 80% do que eu fiz foi apenas trabalhar com os keyframes de escala, posição, rotação. Às vezes shape layers no After Effects. 

Tire um tempo para aprender os 12 princípios básicos da animação ao invés de simplesmente procurar um plugin que faça para você, de forma automática, o trabalho manual que exige um entendimento conceitual.

Quando eu ouvi falar sobre os 12 princípios pela primeira vez, eu os subestimei completamente achando que não seriam importantes para mim, pois eu queria fazer animações 2D modernas e pensava que esses princípios serviriam apenas para animadores tradicionais que fazem animações “manuais” como de filmes da Disney. E na realidade esses princípios são aplicados a qualquer projeto, por mais simples que seja, e a tudo que você faz no After Effects e no Motion Design. 

Compreender realmente os princípios básicos e conseguir aplicá-los em meus projetos foi o maior salto de evolução que já tive em minha carreira.

4 Siga uma estrutura de aprendizado

Aprender de uma forma ordenada e estruturada pode ser decisivo para se aprender uma nova habilidade.

Você pode se inscrever em um curso online ou pode tentar criar você mesmo seu pequeno curso, elencando uma série de conteúdos e tutoriais na internet e ordenando-os de uma forma lógica.

Por exemplo: reúna vinte tutoriais sobre um determinado assunto, e combine com alguns podcasts ou entrevistas de artistas que dominam e falam sobre este determinado tema. No final, proponha para si mesmo alguma tarefa como, por exemplo, criar dois loopings animados utilizando o que você aprendeu.

Normalmente um curso pronto vai ser mais eficiente porque já está estruturado de uma forma linear, começando de módulos mais simples e progredindo com o tempo. Mas eles podem ser caros ou longos demais. 

5  Foque em uma coisa de cada vez!

O campo do Motion Design é muito amplo e abrange várias vertentes como design, ilustração, animação, edição, VFX. São tantas opções que pode ser frustrante querer dominar todas essas áreas. Principalmente, de uma só vez. Você pode se perder ao tentar aprender tudo ao mesmo tempo e não verá progressão em nenhuma área.

Meu conselho é se focar em uma coisa por um curto a médio período de tempo. É claro que quanto maior o tempo, melhores serão os resultados. Mas eu diria que um mês é um bom período para começar.

Por exemplo: em um mês você se concentra na ilustração, no mês seguinte você foca na tipografia, e assim sucessivamente por 12 meses. Em um ano você terá aprendido 12 novas skills, tendo gasto um tempo significativo em cada uma delas.

Os seus resultados serão melhores se comparados aos de uma pessoa que se dedicou a aprender apenas uma coisa diferente todo dia. Isso não significa que você não possa aprender outras coisas durante este ‘’um mês’, mas lembre-se sempre do foco principal. Eu acho que essa é uma dica que pode ser muito útil. Cada um desses meses serão pequenos “tijolos” com os quais você começará a construir sua “casa” do Motion Design.

A imagem de capa deste artigo é do Ben Merriott, autor destas dicas incríveis!

Comentários

comments