fbpx

A técnica mais eficiente (e também a mais simples) para ser produtivo

Alguns dias atrás eu postei um artigo sobre as técnicas de produtividade do Dimitri Paiva, professor e fundador da Academia Criativa. São técnicas bem sofisticadas, de certa forma, que te levam a organizar seu tempo e seus projetos.

Porém, um dia desses li um artigo que faz um contraponto à todas as técnicas de produtividade que existem. Ele diz que somente uma técnica realmente dá resultado (e é a técnica mais simples de todas).

Então não pude deixar de traduzir este artigo que contradiz o que postei antes. O artigo original se chama “The Most Underrated Productivity Technique Is Also the Simplest“, escrito por Darius Foroux

Leia e tire suas conclusões! Afinal, qual técnica de produtividade realmente importa?

Não é humanamente possível ler todo conteúdo sobre produtividade que existe, mas eu devo ter chegado perto. E eu cheguei a testar a maioria deles, independente se eram desagradáveis ou exagerados. Eu inclusive já tomei um banho gelado porque eu ouvi falar que isso ajudaria a combater a procrastinação (e não funcionou).

Eventualmente eu concluí que ficar estudando todas estas técnicas de gerenciamento de tempo, sistemas de calendário e estratégias de produtividade estavam me impedindo de fazer o trabalho que realmente importava. Na verdade eu já sabia, o tempo todo, qual era à técnica de produtividade mais poderosa de todas. Só faltava usá-la.

E existem apenas dois passos para executar esta técnica:

  • Fique fisicamente em posição de trabalho.
  • Faça uma pequena coisa.

É só isso!

A técnica é simples mas não é fácil. Normalmente nós fazemos tudo que podemos para evitar este primeiro passo. Pegamos mais um café, damos uma volta, lemos um livro… Antes de escrever este artigo, eu reorganizei a minha estante de livros, só para não ter que começar. E uma voz dentro da minha cabeça me dizia: “ligue o Netflix!”

Mas, em vez disso, eu me sentei em minha mesa. Deixei o celular de lado e fechei o navegador da internet. E eu comecei a trabalhar em uma coisa pequena que eu deveria fazer hoje. Então, de repente, como mágica, eu estava trabalhando.

O segredo desta técnica é que você deve fazê-la amanhã de novo, e no próximo dia, e no próximo… faça disso uma rotina. O autor Will Durant escreveu: “Nós somos o que fazemos repetidamente. Excelência, portanto, não é uma ação, é um hábito.”

Este é o princípio “Non-Zero Day”, que eu traduziria como “Dia sem-zero ações”. Ou seja, faça apenas uma pequena coisa todos os dias que vai te ajudar a alcançar seu objetivo. Uma vez escreveram em um fórum: “Não fez nada o dia todo e já são 23:58? Então escreva uma frase. Comece a assistir algum tutorial. Faça uma flexão. Leia uma página daquele capítulo. Uma só. Assim você não vai ter feito nada.”

Nós podemos falar sobre novas e sofisticadas técnicas de produtividade o dia todo, mas fazendo isso, vamos deixar de trabalhar de fato. Afinal de contas, tudo que você precisa fazer é sentar na sua cadeira e começar.

A imagem de capa deste artigo é da FreePik.com.

Comentários

comments