Você precisa mesmo de um site?

Essa é uma discussão que gerou polêmica em uma das nossa lives no Mograph News. Um site é mesmo importante? Não é mais fácil enviar aos clientes links do Vimeo ou do Behance? Este artigo se trata da minha singela opinião sobre esse assunto.

Você provavelmente não vai perder um cliente por não ter um site. Se seu trabalho for bom e se destacar, certamente vai atrair olhares e as coisas vão acontecer. Mas o site é um cartão de visitas poderoso. É a sua casa dentro da internet. Do seu jeito, com a sua cara.

Aqui vão alguns motivos do porquê eu acredito que você deveria considerar fortemente ter um site com domínio próprio, apesar de ele não ser imprescindível.

Domínio mais fácil e memorável

Você pode usar um domínio simples como .com ou pode ser um pouco mais diferente com .me, .tv ou .design. Acontece que é muito mais elegante enviar para o cliente guijorge.com do que um behance.net/guijorge ou vimeo.com/guijorge. Um domínio com seu nome costuma ser mais direto, fácil de memorizar e você precisa considerar que algumas vezes pode precisar falá-lo por telefone. Nem todo cliente conhece os sites Vimeo e Behance e corre o risco de nem saberem como se escreve.

Direto ao ponto

Observe a sua página do Vimeo. No topo você vê o logo do site, depois os botões Join, Log in, Product, Solution, Watch e Pricing. Depois tem uma barra de pesquisa que não serve para encontrar somente os seus trabalhos. Só mais embaixo você encontra informações que são exclusivas suas e, mesmo assim, nem tudo é essencial para quem tem pouco tempo para encontrar o animador ideal para um determinado job.

Parece que não, mas tudo isso são distrações para o “usuário”. Quem manja de UX sabe bem disso! E todos sabemos que contratantes, muitas vezes, precisam ver dezenas de portfólios em um curto espaço de tempo. É melhor não perder tempo, não é mesmo?

O seu site deve ser simples e apresentar somente o essencial. Você quer que o possível cliente tenha rapidamente uma boa ideia das suas qualidades e seu estilo. O site também vai ter uma aba de about onde você pode falar mais sobre si próprio. Se o cliente chegou até ali, quer dizer que ele gostou do que viu do seu trabalho. Estes sites de portfólio não têm espaço adequado para textos grandes sobre você.

Uma amostra do seu bom gosto

Mesmo se você for animador e não designer, o seu site pode mostrar que você tem bom gosto na escolha de cores e tipografias. Quem sabe diagramar uma página de web, certamente vai mandar bem no design de um vídeo. Um site bem feito é capaz até de transmitir a imagem de que você é um profissional organizado — característica muito importante na nossa área.

Acredito que muitas dessas coisas são subconscientes. O cliente não saberá explicar o porquê, mas ele vai sentir mais confiança em você por causa do site. O Behance não produzirá este mesmo sentimento.

E-mail com domínio próprio

Se você tem um domínio próprio, poderá ter um e-mail com o seu nome. O meu é hello@guijorge.com, mas poderia ter colocado qualquer coisa no lugar do “hello”. contato@seunome.com é o mais comum (mas nunca é tão legal ser muito comum na nossa área).

O fato é: um e-mail desse trás uma baita credibilidade. Nenhum profissional que não leva seu trabalho a sério teria um e-mail próprio — pelo menos é isso que um email com seu nome faz parecer. @gmail ou @hotmail te fazem parecer amador.

Mesmo sendo um profissional autônomo, domínio próprio te faz ser enxergado mais como empresa e isso é credibilidade.

Eu poderia listar mais vários motivos que tornam um site algo importante, mas acho que estes são os principais. Não deixe de concordar, discordar e me dizer quais outros motivos fazem com que um site próprio seja importante. E desvantagem? Será que tem alguma?

Comentários

comments