fbpx

NAB 2019: Maxon anuncia aquisição da Redshift

A MAXON dá um passo ousado na aquisição do Redshift, um dos mais populares renderizadores externos para artistas 3D e Motion Designers

Hoje, na NAB 2019, o CEO da Maxon, David McGavran, anunciou a aquisição da Redshift Rendering Technologies. No estande da Maxon, o cofundador de McGavran e Redshift, Nicolas Burtnyk, dividiu o palco durante o anúncio ao vivo no c4dlive.com.

Em um comunicado de imprensa, McGavran compartilhou:

“A renderização pode ser o aspecto mais demorado e exigente da criação de conteúdo 3D. A velocidade e a eficiência do Redshift, combinadas com o fluxo de trabalho responsivo do Cinema 4D, fazem dele uma combinação perfeita para o nosso portfólio. ”

O cofundador da Redshift, Nicolas Burtnyk, continuou dizendo:

“Sempre admiramos a comunidade da Maxon e do Cinema 4D, e estamos entusiasmados por fazer parte disso… Estamos ansiosos para trabalhar de perto com a Maxon, colaborando na integração contínua do Redshift no Cinema 4D e continuando a expandir os limites do que é possível com a renderização da GPU pronta para produção. ”

O Redshift já é compatível com o Cinema 4D, bem como outros aplicativos 3D: Maya, 3DS Max, Houdini e Katana.

O QUE É A REDSHIFT?

O Redshift é um motor de render externo via GPU, construído para atender às demandas específicas da renderização de produção high-end contemporânea. Ele se tornou um dos mecanismos de renderização mais populares para aplicativos 3D devido a sua velocidade rápida. O Redshift foi adotado por inúmeros estúdios, independente do tamanho.

Confira esse tutorial do Greyscalegorilla e entenda melhor sobre o assunto:

Quer saber mais sobre renderizadores via GPU? Veja nosso vídeo sobre o assunto

(este artigo é uma tradução livre do original BREAKING NEWS: MAXON ACQUIRES REDSHIFT RENDERING TECHNOLOGIES, do blog do Greyscalegorilla)

Comentários

comments