0   +   2   =  

As melhores opções de tablets para Motion Designers

Esse artigo é uma tradução livre do texto “ Portable Drawing Tablets for Motion Design”, escrito por Zak Tietjen, para o blog do School of Motion. Recomendamos fortemente a leitura deste artigo, pois ele poderá lhe dar muito mais mobilidade para tabalhar onde quiser. =D

Já imaginou poder trabalhar deitado no sofá?

Vamos admitir, estamos no computador o dia inteiro e, às vezes, é bom poder trabalhar em outros lugares: deitado no sofá, em um café da cidade ou até fazer alguns esboços dentro de um avião durante uma viagem. E pra isso, você não está pensando em usar papel como seus ancestrais faziam, certo? Ora, somos artistas digitais! Precisamos de uma tela à disposição e nossos queridos atalhos.

Bom, você está com sorte! Neste artigo discutiremos quais são as melhores opções de tablets no mercado, bem como faremos um overview pelos softwares que vários artistas da indústria estão usando atualmente. Só assim, você poderá decidir qual opção é a melhor para você e, claro, qual caberá no seu bolso.

ainda não sabe qual é melhor pra você?

ainda não sabe qual é melhor pra você?

Entenda os termos de Desenho Digital.

Antes de comerçamos, há alguns termos técnicos que devemos passar:

  1. Sensibilidade à pressão/ Pressure Sensitivity:  isso apenas se refere a quantos níveis de pressão a caneta tem. É algo arbitrário, mas você só precisa saber que quanto maior o número, mais leve você poderá pressionar e ainda marcar.
  2. Latência/Latency: refere-se ao tempo que você pressiona a caneta na tela e o tablet realmente mostra uma marca. Geralmente é muito difícil de notar, mas com dispositivos mais lentos fica muito mais evidente.

Ipad Pro

Via School Of Motion

Ok, eu sei! Por vezes, a Apple anuncia dispositivos ultrapassados como novidades tecnológicas, mas não há como negar que eles ajudaram a popularizar os tablets com o lançamento inicial do Ipad. Ao logo dos anos, artistas usaram iPads com canetas de terceiros, assim como foi com o Bamboo Fineline 2, da Wacom, até que a Apple anunciasse sua primeira caneta proprietária, em 2015, com o lançamento do iPad Pro.

Infos técnicas:

  • Sensibilidade à pressão: Não especificado
  • Latência: 20 ms (Milissegundos)
  • Tilt Support (rotação automática) : Sim

Desenhar com o iPad Pro é suave, pois a caneta tem uma ponta de borracha macia, além da superfície da tela ser brilhante, como qualquer produto Apple.  Ao passo que, a Wacom foi por muitos anos a opção número 1 de artistas conceituados, muitos deles migraram para o Ipad Pro devido à conveniência de poder trabalhar onde bem entender. O peso e o tamanho da caneta é agradável. Cuidado! Depois de algum tempo desenhando, você pode até esquecer que ela está lá.

A bateria da caneta dura muito e, caso ela estiver no final, é só conectá-la ao próprio Ipad, na parte inferior do aparelho.

Há uma infinidade de aplicativos que permitem você mostrar suas habilidades de desenho. O favorito entre os artistas é o Procreate: um poderoso aplicativo para iPad. Ele possui muitos recursos utéis que o torna tão bom quanto a maioria dos apps para desktop.

Bônus: o Procreate vem com este recurso incrível para Timelapse:

Via School Of Motion

Caso você queria digitalizar, com pincéis, sua animação desenhada à mão, existe um app muito bacana chamado Rough Animator, que é quase igual ao Flash. Há também o app Animatic, que te permite exportar GIFs e arquivos PSDs (Sequência PSD), em casos de animações complexas esta funcionalidade se torna muito últil, pois você poderá, a posteriori, refinar seus desenhos em um software mais robusto no desktop.

Você pode estar se perguntando: Bacana, mas como faço isso!? Simples. Se você é usuário do Adobe Creative Cloud, você terá de se adaptar a um dispositivo extra. Não tem como. Felizmente, o iPad Pro está cheio de aplicativos da hora. Por exemplo, o Astropad permite que você conecte seu Ipad ao seu Macbook e use-o como uma segunda tela.

 

Surface Pro & Surface Book

Via School Of Motion

Como Motion Designers, às vezes precisamos do poder de um computador completo. Mas, felizmente, isso é exatamente o que a Microsoft tem pensado com sua linha Surface. Existem 4 opções diferentes na linha Surfaces,mas vamos abordar apenas os 2 principais dispositivos portáteis: O Surface Pro e o Surface Book.

Infos técnicas:

  • Sensibilidade à pressão: 4096 levels
  • Latência: 21 ms (Milissegundos)
  • Tilt Support (rotação automática) : Sim

Se você estiver acostumado ao Mac OSX, migrar para o windows pode soar assustador, apesar de recomendar fortemente a migração por diversos motivos (não apenas em tablets). Mas se seu coraçãozinho está acostumado com Macs, o Surface é tão sofisticado quanto ou mais do que tablets de Steve Jobs. E ainda vai além, pois tem alguns truques na manga a mais.

Via School Of Motion

O Surface Pro e o Surface Book são praticamente a mesma coisa, exceto que o Pro contém uma base incorparada. Estes dispositivos existem há varios anos e melhoraram drasticamente desde o seu lançamento.

Imagine ter um tablet que também pode funcionar com um PC completo, e, é capaz de rodar seu software favorito. É um mix de tablet com PC All-In-One, fato que o torna muito mais parceiro para viagens, além de vir com uma base robusta nas costas, lhe permitindo inclinar o tablet para baixo e desenhar com mais facilidade.

A caneta, que funciona surpreendentemente bem, se encaixa com um forte imã do lado esquerdo, tornando-se muito mais difícil esquecer a caneta em casa, né? Rsrsrs

Há outras funções com a caneta como, por exemplo, um botão localizado no corpo da mesma, de igual função ao botão direito de um mouse, além de um apagador, na parte superior, que também funciona como um botão programável. Muitos artistas preferem usar o teclado para selecionar a ferramenta borracha, mas esta funcionalidade ao alcance das mãos realmente é maravilhosa.

Dependendo de seu orçamento, você poderá comprar um Kit para sua caneta, o que permite que você troque a ponta da caneta para se ajustar ao seu gosto. A bateria dura bastante, assim como é o caso da Apple Pen.

O desenho com a caneta funciona surpriendentemente bem, e é divertido poder navegar no Windows 10 com ela. A ponta emborrachada da caneta e a tela um pouco menos brilhante do Surface, forncem um pouco mais de resistência ao desenhar, o que é muito legal.

A precisão da caneta é perfeita (quase perfeita). Um ponto decepcionante são os apps da Windows Store para o Surface, se comparados com os apps para Ipad. Embora, muitos desenvolvedores estejam criando aplicativos para ele todos os dias. Mas ainda, deixa a desejar.

Agora, onde o Windows realmente dá uma lavada, é na personalização do dispositivo. Um aplicativo chamado Tablet Pro permite que você personalize completamente uma barra de UI cheia de atalhos, fato que lhe permitirá abandonar verdadeiramente o teclado e trabalhar no sofá.

Via School Of Motion

Há uma gama de configurações que você poderá escolher, mas lembre-se de que você estará rodando programas pesados aqui, então é melhor escolher um computador que aguente o tranco.

Wacom Mobile Studio Pro

Via School Of Motion

Por último, mas não menos importante, se faz obrigatório falarmos sobre o Wacom Mobile Studio Pro. Durante muito tempo, a Wacom se tornou a queridinha como mesas de desenho digital, mas seus tablets são relativamente novos. Os dispositivos vêm com tamanho de 13” e 16”, além de rodar o windows 10 liso.

 Infos técnicas:

  • Sensibilidade à pressão: 8192 levels
  • Latência: Praticamente sem atraso nenhum. Impressionante.
  • Tilt Support (rotação automática) : Sim

Muitos artistas têm trabalhado com produtos da Wacom há anos, e foi de um tempo pra cá que algumas pessoas estão começando a migrar para o Ipad ou o Surface Pro. Mas para alguns, existe um diferencial na Wacom: a resposta da caneta é maravilhosa dentro do Mobile Studio, além desta peça vir com botões de atalhos no lado da tela, e o melhor, você pode personaliza-los para cada programa.

O ponto alto desta máquina é a capacidade de conectá-la ao seu Mac e Pc e fazê-la funcionar de forma intuitiva. Com este recurso, você terá maiores possibilidades de trabalhar onde quiser, e quando voltar à sua workstation, é só pluga-la e continuar o trabalho. Estas máquinas são bastante robustas, uma vez que são capazes de lidar com projetos como, por exemplo, uma escultura complexa dentro do Zbrush, fazendo delas, um dispositivo mais atrativo para muitos artistas.

 

Não tem erro!

A boa notícia é: existem várias opções no mercado (algumas que nem incluímos como o HP Zbook X2, recentemente lançado). Provavelmente você tem, agora, mais algumas informações para se decidir por um modelo que se adapte ao seu fluxo de trabalho…e, finalmente, poderá trabalhar do sofá enquanto assiste Rick e Morty com alguém de sua equipe. =D

Obs: Não colocamos os preços, tal como está na matéria original, pois eles podem variar muito no Brasil! Portanto, é importante que você pesquise ao máximo e veja outras possibilidades a esta de comprar dentro do país.

Comentários

comments