fbpx

Como melhor usufruir da comunidade do Motion?

A melhor coisa da nossa profissão é o senso de comunidade dos motions designers. Se você acabou de entrar na área já deve ter reparado como a galera é solícita e faz questão de ajudar.

Pensando nisso, resolvi levantar algumas dicas para que você aproveite o máximo dessa comunidade! Dicas que vão te ajudar a ser notado, criar um círculo de amizade e, quem sabe, até conseguir bons clientes ou aquela contratação desejada.

Comente e compartilhe

Quando você adentra o universo do motion, automaticamente os algoritmos das redes sociais vão começar a te indicar páginas, postagens, hashtags e grupos. Não seja tímido, participe!

Comente e compartilhe postagens e adicione/siga as pessoas que mais te interessam. É muito legal seguir todos os fodões do mundo do motion, mas mais legal ainda é acompanhar a evolução de pessoas que estão em um nível próximo ao seu.

Sendo ativo e comentando nas postagens dos grupos de motion, as pessoas vão começar a ver seu nome de forma recorrente e te reconhecer. Você vai acabar entrando em discussões interessantes e criando vínculos com as pessoas.

No último Anymotion que fui (maior evento de Motion do Brasil), frequentemente eu conhecia alguém pessoalmente que, ao ouvir o nome, me lembrava de interações online e notava que, de certa forma, já o conhecia antes pela internet.

Ensine alguma coisa

Por mais iniciante que você seja, acredite, você tem algo a ensinar! Muito provavelmente haverão pessoas que sabem menos que você. Além disso, ensinar é a melhor forma de aprender.

Você pode fazer isso de várias maneiras. Algumas são mais complexas, como, por exemplo, criar um canal de tutoriais no YouTube. Isso vai te dar muito trabalho e ocupar seu tempo mas, certamente, terá um retorno muito bom também.

Mas ensinar algo pode ser muito mais simples. Você pode, por exemplo, fazer pequenos posts dos seus estudos nas redes sociais e, na descrição, revelar quais softwares foram utilizados e qual efeito você usou para fazer tal coisa. Só isso já vai gerar valor para sua audiência.

O objetivo em ensinar é atrair seguidores para o seu trabalho e ganhar reconhecimento. Tanto por parte da comunidade como, consequentemente, por parte dos clientes.

Você não precisa ser um mestre para começar a compartilhar o que sabe. Ensinando você vai, inclusive, descobrir que você sabe mais do que achou que sabia.

Bom dia grupo!

Os grupos populares de motion no Facebook, como o Layer Lemonade Network, Motion Designers Brasil e o Vida de Motion são legais e você deve estar neles. Mas aqui eu quero falar do WhatsApp.

Eu sei! Você já tem aquele grupo chato da família! Mas acredite em mim. Um grupo só com profissionais do Motion é muito valioso.

Desde que concluí o curso Motion Design Essencial, participo de um grupo com a galera da minha turma e ele vale ouro. Lá existem vários profissionais, mais ou menos do mesmo nível, mas com diferentes especialidades e expertises.

Não há nenhuma dúvida sobre plugin, software ou técnica que algum dos 28 integrantes não saiba como ajudar. São dezenas de experiências diferentes, sem falar, claro, no compartilhamento de vagas e discussões sobre novidades do mundo do motion.

Claro, grupos são bons ladrões de produtividade e você deve ficar atendo. Mas eu recomendo muito que você reúna alguns amigos entre as pessoas que você mais interage nas redes, colegas de cursos que fez e colegas de colegas para construir uma rede de contatos no “Zap”.

Com as pessoas certas no grupo, sempre que você tiver alguma dúvida sobre um programa ou precisar de informação, vai ter uma forma muito prática e rápida de conseguir ajuda. Mais rápido do que postar em algum grupo (que é muito mais impessoal) e esperar que alguém responda.

É dando que se recebe

Se eu fosse resumir este artigo em apenas uma dica, eu diria: doe, doe e doe. A melhor forma de ter benefícios da comunidade é contribuindo com ela. Ensine, ofereça sua ajuda, compartilhe trabalhos de colegas, dê opiniões… faça tudo o que tiver ao seu alcance para que a comunidade evolua.

E pode ter certeza, assim todos nós ganhamos.

A capa deste artigo é de um gif do Motion Designer James Curran da Slim Jim Studios.

Comentários

comments