fbpx

O Motion pode virar uma commodity?

Provavelmente você, motion designer, se deparou ultimamente com algum anúncio de plataformas onde qualquer leigo pode criar seu próprio vídeo de animação. O último que recebi foi do Toonly, que nada mais é do que um editor arrasta e solta com centenas de cenários, transições e personagens pré-animados, onde você tem infinitas combinações para criar um vídeo sem criar nenhum keyframe.

Diante deste tipo de ferramenta, muitos podem ficar receosos sobre o efeito que isso pode ter em nossas carreiras. Então, escrevi este artigo para explicar porque eu não só acho que não corremos risco, como também acredito que este tipo de programa pode fazer bem para o mercado do motion.

Antes de mais nada, preciso admitir que essa é uma ideia incrível! Claro, é uma iniciativa que precisou de animadores e ilustradores para existir. Uma ótima maneira de gerar renda passiva e posso imaginar o trabalhão que deu para executar este projeto.

Mas vamos ao que interessa! Reuni algumas razões pelas quais eu acredito que estas plataformas podem fazer bem para a comunidade do motion, sempre imaginando um futuro em que elas são super populares e que todo mundo cria vídeos animados simples sem conhecimento técnico.

A popularização do motion como linguagem

Esta é a consequência mais direta que eu consigo enxergar. Independente de aplicativos como estes, a tendência é que o motion se torne uma ferramenta de comunicação cada vez mais popular. Mas acredito que a democratização do motion pode acentuar ainda mais este efeito.

Estando mais presente na vida das pessoas, vídeos animados vão ser mais facilmente absorvido e apreciados. Naturalmente, mais empresas vão se interessar em explicar serviços e produtos através de animação e, adivinhe? Vão sempre querer aplicar a própria identidade ao vídeo, o que será, certamente, muito difícil com plataformas que criam animações genéricas.

O x da questão é que o Toonly ou qualquer outro app, muito dificilmente vai conseguir incorporar a personalidade e identidade das empresas nas animações. 

Trabalhos mais interessantes para os profissionais

Empresas pequenas que não têm uma identidade forte a zelar podem ter sua necessidade de comunicação atendidas por estas plataformas. Elas provavelmente ficarão satisfeitas com o resultado, principalmente se não se preocupar com originalidade.

Isso vai fazer com que os trabalhos realmente interessantes, que não são “mais do mesmo”, venham para nós, motion designers e animadores. Vamos fazer menos daqueles projetos mamão com açúcar o que, claro, vai forçar a evolução da nossa qualidade, afinal, vamos precisar ser notoriamente superiores ao que programas como o Toonly é capaz de criar (e as chances são que, este tipo de plataforma ainda deve evoluir bastante em qualidade). Aqui já estamos falando do nosso próximo tópico.

A evolução da qualidade e valorização do diferente

Se hoje em dia já é bem comum encontrarmos na internet trabalhos de motion bem semelhantes, por seguirem tendências, imagine quando muitas empresas começarem a usar o mesmo aplicativo para criar vídeos. 

A grande quantidade de vídeos iguais pela web vai fazer com que o mercado clame pela diferenciação e pelo aumento da qualidade dos vídeos. Vamos ser forçados a buscar sempre o diferente para nos destacarmos num mar de animações parecidas. Claro, as “tendências do momento” sempre existirão, mas acredito que a necessidade de fugir delas pode aumentar com o crescimento destas plataformas.

Valorização financeira

E é claro, se precisamos criar conteúdos mais originais, o nosso valor percebido também vai ser maior. Os projetos de baixo orçamento vão ter uma alternativa bem simples: aplicativos como estes. Por isso, as empresas que vão nos contratar serão aquelas dispostas a pagar mais por um projeto exclusivo.

Ah, é claro que vai vir gente dizendo: “abaixe o seu preço pois eu posso ter meu vídeo por muito menos, usando o Toonly”. Para estes casos, a resposta do motion designer deverá ser direta e categórica: “pois então, faça seu vídeo com Toonly”. O valor de um trabalho exclusivo, o qual não haverá nenhum outro igual no mundo, é incalculavelmente maior do que algo genérico e reutilizado por muitos. Eu acredito que os profissionais do motion vão entender isso e nunca vão se colocar no mesmo patamar destas plataformas.

Possibilidade de mais uma fonte de renda

Além de tudo, se muitas plataformas de criação de vídeos animados começarem a surgir, surgirá também uma nova maneira de motion designers ganharem dinheiro: produzindo ilustrações e animações para serem usadas por elas.

Eu vejo como um caminho natural o surgimento desse ramo de atuação, uma vez que as plataformas vão querer sempre ampliar a disponibilidade de desenhos e animações em suas bibliotecas e, certamente, vão buscar fazer isso de uma forma colaborativa, comprando projetos de artistas.

E você? Acha que estas plataformas podem representar algum tipo de ameaça ao mercado? Discorda de algum dos meus pontos? Vamos continuar a discussão nos comentários!

Na imagem de capa estão os personagens da plataforma citada no artigo.

Comentários

comments