fbpx
Uma senha sera enviada para seu e-mail

O que fazer e o que não fazer como freelancer

Essa é uma livre tradução do artigo “The Do´s and Don´ts of Freelancer” (O que fazer e o que não fazer como freelancer), publicado no site do Motionographer, pela motion designer Bee Grandinetti.

Algumas semanas atrás eu estava tendo uma conversa com uma querida amiga sobre as experiências recentes que ela teve com freelancers em seu estúdio e o quão frustrante algumas dessas experiências foram, por inúmeras  razões. Nessa conversa ela pontuou algo muito importante e eu não consegui parar de pensar: mais pessoas precisam saber disso, então nós, como uma indústria, podemos aprender, ser melhores e evitar que os mesmos erros aconteçam novamente.

Isso me empolgou em coletar insights sobre o que fazer e o que não fazer enquanto freelancer. Por isso, entrei em contato com alguns produtores e donos de estúdios que admiro para entender melhor o assunto. Como freelancer, fiquei muito satisfeita das perspectivas deles, e acredito que todos podemos nos beneficiar aprendendo como nos comunicar de forma mais clara, melhor e, potencialmente, construir relações de trabalho mais saudáveis.”

Bee Grandinetti
CONFIANÇA
Quais são os elementos que ajudam a ter confiança em um funcionário / freelancer?
“Eu acho que a confiança é um dos fatores mais importantes que existe. Obviamente, há o talento e habilidade, mas se você não pode confiar em alguém, nada disso tem valor. Acho que pessoalmente, construímos relacionamentos baseados na confiança, tanto com nossos funcionários fixos quanto com os freelancers que trabalhamos.
É tão simples, é uma questão de você designar um trabalho para alguém e ter certeza que será concluído e executado da maneira certa e no tempo combinado.
Tom Judd, Co-Founder & Creative Director, Animade
Seja pontual, seja organizado, ouça e anote!
Primeiro dia: Chegue no horário, as primeiras impressões são as que ficam. Se você tem um prazo, planeje isso. Não deixe pra fazer o render na hora de enviar. Faça as correções necessárias dentro do prazo combinado.
Seja organizado: ninguém quer lidar com um projeto bagunçado. Conheça as convenções de nomenclatura da empresa e use-as. Não seja preguiçoso quando estiver trabalhando, organize seus arquivos conforme o projeto avance. Quem precisar acessar seu projeto, precisa entende-lo sem dificuldades.
Ouça: Faça perguntas para deixar claro o que está sendo proposto. Se você acha que não pode realizar o trabalho no tempo determinado, expresse essa preocupação antecipadamente. Além disso, consulte os outros membros da equipe sobre suas possíveis decisões. Se você tentou alguma coisa e mudou de ideia no meio, salve-a e inicie uma nova versão. É útil ver o que funcionou e o que não funcionou num projeto.
anote: Você sabe a sensação quando se está com um grupo grande num restaurante e o garçom anota os pedidos na memória? Claro, eles podem ter uma ótima memória, mas por que arriscar? Quando receber um feedback, anote-o para poder fazer o check-off na hora das alterações.
Gareth O’Brien, Creative Director, Buck Sydney
Seja honesto com seu portfólio. Fale apenas aquilo que você fez de fato. Seja honesto consigo mesmo e com o estúdio sobre suas habilidades, ou você logo ficará sem estúdios dispostos a contratá-lo.
Seja honesto com sua disponibilidade de tempo. Isso é particularmente crucial para freelancers remotos, já que os produtores não estão lá para supervisionar se você está dentro do prazo. Freelancers são muitas vezes ansiosos para impressionar e, como resultado, podem prometer prazos que nem sempre podem cumprir. Isso prejudica a todos no final e pode facilmente atrasar toda a equipe. É sempre melhor prometer menos e entregar mais do que o contrário.
Não se exceda. Para ser sincero, eu nunca fui fã de artistas que trabalham para dois clientes simultaneamente. Nenhum dos projetos recebe a atenção devida nessa situação. Isso acontece, eu entendo. Se você for fazer isso, seja honesto com o estúdio e veja se eles concordam com isso. O produtor que descobrir. Lembre-se que sua carreira é uma maratona e não uma corrida de 100m. Sacrificar seus relacionamentos por ganhos de curto prazo vão te prejudicar no final.
Não seja um idiota. É simples assim. Seja gentil com todos ao seu redor e eles sempre apoiarão sua carreira.
TJ Kearney, Executive Producer, Instrument
O mais frustrante com os freelancers é quando eles não honram os prazos de negociação. Quando você faz um primeiro contato com um artista, você geralmente confia nele enquanto espera pela confirmação de um trabalho. Quando você vai fechar com o artista e descobre que ele já fez outro compromisso sem te comunicar, isso pega mal.
Solana Braun, Resourcing Coordinator, Buck
A confiança é construída principalmente a partir de atitudes. Se alguém tiver a atitude e a abordagem corretas, ganhará confiança rapidamente. Às vezes isso vem da experiência, mas não exclusivamente. Você pode confiar em um indivíduo se ele abordar o projeto com maturidade e entusiasmo. Trabalhar em equipe é fundamental em nossos negócios, portanto é preciso ter confiança no pessoal para obter sucesso. Bons resultados constroem confiança e respeito.
Julia Parfitt, Executive Producer, Nexus Studios
ATITUDE
Que tipo de pessoas você quer conviver?
Atitude é tudo. Aos meus olhos, atitude supera o talento em 100%. Tenha em mente que os estúdios são tipicamente pequenos grupos de pessoas que compartilham um amplo espaço aberto. Cada membro dessa equipe desempenha um papel crucial na dinâmica do estúdio. Cercar-se de pessoas positivas faz com que ir ao trabalho seja divertido. Cercar-se de pessoas negativas não. Na verdade, é preciso apenas uma maçã podre para arruinar tudo. As queixas e negatividades constantes de uma pessoa podem desgastar rapidamente a melhor das equipe. Deixar que isso aconteça em seu estúdio torna impossível manter um ambiente produtivo e pode ser incrivelmente prejudicial.
TJ
Eu realmente aprecio quando freelancers se comprometem totalmente com um projeto. Eles não estão apenas no automático, estão pensando no projeto como um todo e trabalhando para fazer o melhor trabalho possível em colaboração com a equipe. Eles se comprometem com o projeto tanto quanto nós do studio.
Dotti Sinnott, Executive Producer, Golden Wolf
Cada personalidade é única e quando você atinge aquele ponto ideal em que um artista e diretor conseguem uma sinergia real, é quando o melhor trabalho é produzido. Alguns diretores são muito ativos e, enquanto outros gostariam que seus artistas os desafiassem e trouxessem suas próprias ideias, não é incomum colocar um animador superstar em um projeto e ele simplesmente não funcionar devido o conflito de personalidades. É provável que haja outro diretor que o freelancer tenha mais afinidade. Eu geralmente tento ter no estúdio pessoas que são talentosas, positivas, proativas, confiáveis e respeitosas. Se você os tem, você tem um lugar harmonioso para todos trabalharem.
Natalie Busuttil, Studio Manager, Nexus Studios
Como as pessoas recebem os feedbacks?
Eu quero uma pessoa amigável que deixe seu ego de lado. Alguém que leva seu trabalho a sério, mas não a si mesmo. É importante entender que uma crítica ao seu trabalho não é uma crítica pessoal.
Gareth
É preciso uma galera para fazer um vídeo realmente bom. Nossa equipe interna, não importa o quão talentosa, entende que somos parte de uma família de pessoas inteligentes e dedicadas a fazer um bom trabalho juntos. Gostamos de trabalhar com pessoas que aceitam críticas. Às vezes, uma solução bonita não é a melhor solução. Isso é melhor compreendido quando lembramos que primeiro o projeto é do cliente, depois de um estúdio, depois da equipe e só então o projeto é individual.
Jay Grandin,  Partner + Creative Director, Giant Ant
Definitivamente, pode ser difícil receber uma crítica do seu trabalho, ainda mais se for algo em que você dedicou muito tempo, mas, no final das contas, o feedback é a parte mais importante de um processo colaborativo. Se um artista não puder receber e processar o feedback de forma razoável, ele / ela não está respeitando a experiência da equipe como um todo e provavelmente não desejaríamos trabalhar com essa pessoa novamente.
Dotti
PONTUALIDADE
Quanto isso é importante?
Eu diria que para nós, como estúdio, é muito importante, porque trabalhamos das 9h as 18h, começando com uma reunião com toda equipe. Quando temos freelancers, começamos com uma reunião de briefing para informá-los sobre as atividades do dia, por isso é importante para eles serem pontuais. Além disso, demonstra um respeito com a cultura do local onde você está. 
Laura Darby, Head of Production, Animade
Trabalhamos em um ambiente colaborativo onde muitas vezes precisamos estar presentes para que as coisas funcionem. No geral, sou relaxado com isso, desde que isso não afete os outros membros da equipe.
Gareth
Os horários de trabalho em nossa indústria podem parecer bastante peculiares, especialmente quando você é um estúdio no Reino Unido e trabalho com clientes dos EUA. Então, trabalhar até tarde às vezes pode parecer normal. Sendo assim, acredito que a pontualidade é realmente importante, já que o atraso de uma pessoa afetará o restante da equipe. Se 5 pessoas tem que esperar uma hora por alguém que está atrasado, então são 5 horas desperdiçadas para todos.
Ingi Erlingsson, Founder/Creative Director, Golden Wolf
Esse é um assunto controverso. Muitos artistas são corujas e preferem chegar mais tarde e sair mais tarde. No entanto, quando você está trabalhando no mundo comercial, isso nem sempre é prático. Especialmente se o feedback do cliente for recebido a noite e precisarmos executar as correções durante o dia. É frustrante para todos os envolvidos quando artistas persistem em se atrasar.
Natalie
Se você vai se atrasar, você deve definitivamente avisar seu produtor. Às vezes há prazos que o artista desconhece, então sempre avise para não criar maiores problemas.
Solana
Eu sou um defensor do tempo. Essa indústria trabalha com horários estranhos, e eu cheguei a ser mais flexível nos últimos anos. Eu acho que é importante ter uma discussão honesta com o estúdio sobre a questão dos horários e da pontualidade.
TJ
Definitivamente, percebemos quando os freelancers chegam atrasados e saem cedo, fazem longas pausas para o almoço ou geralmente não estão prestando atenção, e levamos isso em consideração para chama-lo para um próximo job. Trabalhar como parte de uma equipe significa respeitar o tempo de todos. Atrasos podem se somar, afetando prazos, causando problemas de produção e até prejudicando o moral da equipe.
Dotti
Pessoalmente, sou mais relaxado neste aspecto do que os outros. No entanto, quando os horários do freelancer não funcionam para a equipe, isso pode causar problemas. Mais uma vez, é uma questão de respeito. Se houver reuniões importantes, a pontualidade é fundamental e respeitar a dinâmica do grupo também é importante. É muito comum, em uma equipe, que a ação de uma pessoa cause problemas a uma equipe maior. Todo mundo tem prioridades diferentes na vida, então trabalhar em uma indústria criativa não acho que precisamos seguir regras tão rígidas … mas talvez seja porque eu estou sempre atrasada 😛
Julia
Não somos rígidos com entrada e saída, mas a maioria das pessoas trabalha de 9 a 6 horas. Atrasos para reuniões são menos toleráveis. Chegar atrasado no trabalho é pior ainda. Mas, como gostamos de dizer, você não perderá um prazo se você cumprí-lo antes que acabe. Tudo se resume a uma boa comunicação, de avisar com antecedência para que aqueles que dependem do seu trabalho também possam ajustar-se.
Jay
RAPIDEZ
O que vocês acham sobre o quão rápido ou lento as pessoas podem ser? O que é desejável/desculpável?
Acho que todos nós gostaríamos que o trabalho fosse feito rápido e com um alta qualidade, mas é muito raro encontrar alguém capaz disso. A verdade é que todo artista trabalha de maneira diferente. Eu prefiro que alguém trabalhe lentamente e tenha apenas uma correção do que rapidamente com cinco rodadas de correção. O que realmente procuramos é um artista que possa adaptar seu fluxo de trabalho com base nas necessidades do projeto. Nem todo projeto oferece tempo para definir as coisas meticulosamente, então ter um fluxo de trabalho flexível e adaptável é a virtude mais importante.
Colin Trenter, Creative Director, Oddfellows
Eu acho que nós julgamos isso de acordo com o rendimento diário de cada um. Alguém com mais experiência, esperamos que trabalhe mais rápido do que um estagiário. No entanto, também percebemos que, às vezes, um job engana e é mais complicado do que o esperado. É aqui que entra em comunicação clara. Se o animador for aberto e honesto sobre a situação, como produtor, você pode ter uma compreensão clara dos desafios e podemos encontrar soluções de ajudar a resolver o problema. As vezes uma conversa com o artista o ajuda a clarear as ideias e enxergar soluções mais simples. No entanto, nós também valorizamos verdadeiramente a qualidade… se as pessoas são forçadas a trabalhar a uma velocidade em que a qualidade cai, então isto é sintoma de um mal gerenciamento da nossa parte. Não se trata de ser rápido o tempo todo.
Matt
Todo mundo tem seu modo de trabalhar. A parte boa de ter uma carta de artistas de longos anos (funcionários e freelancers) é que você aprende como cada indivíduo aborda sua carga de trabalho. Algumas pessoas são super rápidas, mas tem um acabamento menos refinado, outras são lentas, mas apresentam um trabalho bem acabado – o mais importante é o artista poder avaliar com precisão quanto tempo vai demorar no job e comunicar isso com antecedência para que o produtor possa planejar adequadamente. Especialmente com novos freelancers quando ainda se está aprendendo sobre o processo de trabalho deles, é importante poder confiar nas competências de um artista.
Dotti
Isso realmente depende do projeto. Existem alguns projetos com orçamentos e cronogramas saudáveis que podem permitir que os artistas explorem todas as opções. Esses projetos estão se tornando raros. É mais frequente Studios procurarem freelancers que são mais rápidos. Eles estão pagando pelo seu tempo e querem maximizar o retorno do investimento. Os freelancers que eu sei que tem um alto rendimento durante o dia e são rápidos, são os que estão num nível acima. Profissionais freelancers mais lentos geralmente são solicitados quando surge algum problema maior.
TJ
Fornecer prazos precisos é uma habilidade realmente importante para os freelancers, que devem ter uma compreensão do tempo que levam para executar seu ofício. Se os prazos forem muito errados, o que pode ser muito frustrante para uma produção, pode parecer que o trabalho do freelancer é lento. Mas as vezes aquele trabalho pedia mais tempo de execução. Por isso, recomendo que os freelancers sejam honestos sobre a rapidez com que trabalham e forneçam estimativas de tempo reais!
Leah Nelson, Partner + Creative Director, Giant Ant
Se você acha que o prazo solicitado está fora da real do trabalho, fale. Você não precisa trabalhar no mesmo ritmo de quem está do seu lado.
Gareth
PAUSAS
Todos nós, eventualmente, fazemos pequenos intervalos durante o trabalho, desde um pingue-pongue, dar uma espiada no Facebook, parar e tomar um café. Como você vê isso?
Confio que, quando as pessoas estiverem no estúdio trabalhando, farão o possível para se concentrarem em suas tarefas. É difícil policiar coisas como o uso de mídias sociais, já que estamos usando isso como uma ferramenta de recrutamento/comunicação ou uma maneira de descobrir o que está acontecendo na indústria. Mas é muito óbvio quando os freelancers passam muito tempo se distraindo. Eles acham que não vemos, mas é perceptível! Normalmente, quando isso acontece, mando um email para todos lembrando-os de manter o foco. No entanto, é saudável dar uma caminhada quando se está muito tempo em frente ao computador, ou jogar uma partida de pingue-pongue para organizar seus pensamentos.
Natalie
Desde que o trabalho esteja sendo realizado com qualidade e dentro do prazo, não limito as distrações dos artistas. Alguns artistas precisam se afastar do trabalho, física ou mentalmente, para serem produtivos. Apenas não se exceda e não trabalhe em projetos de outro cliente enquanto você está sendo pago para trabalhar pro studio. No mais, faça como quiser.
TJ
É complicado porque, obviamente, quando você está no trabalho, você deveria estar trabalhando, mas todo mundo tem que fazer uma pausa de vez em quando, porque nossos cérebros não funcionam em sua plena capacidade o tempo todo. Acho que eu diria que fazer uma pausa é muito diferente de estar no Facebook; Se você apenas estiver brincando nas redes sociais, não estará realmente dando descanso ao seu cérebro! Mas é importante fazer pausas para o café, é importante ficar um pouco longe da sua tela e ver o mundo ao seu redor para voltar mais focado.
Laura
Eu acho que pausas são boas. No entanto, matar o tempo não é algo bom. Se você não tem nada para fazer, você deve informar seu produtor. Provavelmente haverá algo pra você fazer.
Solana
Não há botão on / off para a criatividade, portanto, dar uma pausa no seu cérebro de vez em quando é normal e saudável. Mas se afetar a produtividade e os prazos da pessoa, porque eles estão conversando nas mídias sociais ou no Slack durante o dia, isso pode ser um problema. Tal como a questão da pontualidade, pode ser uma grande razão pela qual as pessoas acabam tendo que ficar até mais tarde para recuperar o tempo perdido.
Ingi
As pessoas precisam fazer o que for melhor para trabalhar de forma feliz e confortável. Algumas pessoas precisam de intervalos, outras não. Até mesmo nossa equipe principal varia muito em relação a horas de trabalho e hábitos de descanso, depende muito de onde vivemos e a que horas do dia nos sentimos mais produtivos. Você tem que respeitar os rituais das pessoas, desde que as metas sejam cumpridas.
Anonymous
TRABALHO REMOTO
Você se sente confortável contratar freelancers remotos ou prefere o trabalho presencial?
Embora eu realmente acredite que não há substituto para o trabalho presencial, a tecnologia avançou a um ponto em que compartilhar arquivos de longe é muito fácil. Então, sim, estou certamente confortável em trabalhar com freelancers remotos – com a pessoa certa, claro.
Um relacionamento de trabalho remoto bem-sucedido realmente se resume a talento, comunicação e ética de trabalho. Talento no sentido de que os check-ins acontecem com menos frequência (especialmente se você estiver trabalhando com freelancers em diferentes fusos horários), então você precisa de alguém sênior o suficiente para poder olhar objetivamente para o trabalho e executar com boa qualidade. Comunicação para levantar bandeiras vermelhas assim que surgirem problemas e compartilhar descobertas com o resto da equipe. Ética no trabalho, no sentido de que você quer alguém que seja honesto e auto-motivado o suficiente para lhe dar um dia inteiro de trabalho.
Colin
Isso realmente depende do função e do seu relacionamento com o artista. É sempre melhor que as pessoas trabalhem dentro do studio. Isso cria um relacionamento intimista com o diretor e permite uma comunicação mais fluida e clara. O trabalho remoto também implica em mais trabalho para os responsáveis pelo projeto, pois eles precisam coordenar o trâmite de arquivos e os feedbacks, por isso não é o ideal. No entanto, se conhecemos bem o freelancer e confiamos nele, aceitamos que o trabalho seja remoto.
Natalie
De certa forma, prefiro o trabalho remoto. O ideal é que todos estejam na mesma sala e se divirtam, mas a armadilha na qual a maioria dos estúdios cai, é a de apenas contratar um artista se for pra trabalhar fixo e internamente. Ao abrir-se para contratar freelancers remotos, o estúdio pode contratar o melhor artista disponível para cada projeto. Com o Slack, o Google, o Skype, etc., a localização não importa mais.
TJ
Nós lidamos bem com trabalhar com freelancers remotos. Temos que fazer dessa forma, uma vez que estamos na oceania! Frequentemente trabalhamos com os escritórios de NY e LA e com freelancers da Nova Zelândia, do Reino Unido e dos EUA.
Gareth
Muitas empresas operam de maneira diferente nessa frente – algumas trabalham com uma equipe remota e estão acostumadas a trabalhar dessa maneira, mas preferimos trabalhar o máximo possível com uma equipe em nosso estúdio. Trabalhar remotamente exige uma atenção maior na comunicação e gerenciamento que a proximidade pode resolver. Algumas pessoas funcionam melhor remotamente. Concept artists e, em alguns casos, modeladores são mais fáceis de gerenciar do que quem trabalha com animação ou composição. No entanto, trabalhamos com artistas remotos excepcionais e isso depende das exigências do trabalho.
Julia
PORTFÓLIO (SHOWREEL)
Ter um Reel importa?
Sim, mas não sei porque. Ir ao site de um artista e ver que ele não têm Reel ou que seu portfólio está desatualizado me faz hesitar. Eu já contratei inúmeros artistas sem um, mas precisamos de referências para contratar uma pessoa. Isso é meio bobo e eu realmente não sei porque, é apenas minha reação pessoal ao olhar para artistas que quero contratar.
TJ
Se é a primeira vez que vamos contratar um artista, um Reel permite que entendamos rapidamente suas habilidades. Faça um vídeo de até 1’30” com seus melhores trabalhos! Admito que é raro termos tempo de ver toda a duração de um reel. Mas se você preferir apresentar seu trabalho com um vídeo inteiro de um único trabalho, ok, mas seja claro com o que você quer mostrar. Se você não deixa claro suas habilidades fica difícil de avaliar em qual trabalho você se encaixa.
Matt
Eu ainda gosto de um Reel à moda antiga. Eles são uma maneira conveniente de ver o alcance e o ponto de vista de uma pessoa em um piscar de olhos. Eles certamente não são necessários, mas na maioria das vezes é um reel que me motiva a ver seus projetos individuais ou ir em busca de mais informações a seu respeito. Esse é o propósito deles, certo? Se criar um vídeo de 60 segundos não é pra você, seja esperto, compartilhe um gif animado com seus melhores trabalhos. Seja criativo pois o formato de um Reel não é importante, para chamar a atenção rapidamente é.
Chris Kelly, Creative Director, Oddfellows
Diretores e produtores sempre querem ver um Reel. É muito difícil para mim indicar um artista sem um. Você teria que ser muito conhecido ou muito bons amigos.
Natalie
Se você é um animador candidato ao trabalho, é útil ter um Reel. Eu prefiro assistir a um vídeo a analisar um monte de projetos. Eu adoro uma introdução boa de um reel – isso me mostra quem é você e o quanto você é apaixonado pelo que faz. Embora, honestamente, se o seu trabalho é bom, isso não importa.
Gareth
Um Reel facilita para os estúdios avaliação geral do trabalho de um artista e ajuda a decidir se ele (a) tem o que é necessário para um projeto específico. Frequentemente estamos vendo vários Reels, então, quanto mais fácil o artista demonstrar seu trabalho e suas habilidades, melhor.
Um reel desatualizado é muito ruim, se não pior, do que não ter um reel. Seu Reel deve refletir o que você é capaz de fazer hoje. E não se esqueça de incluir suas informações de contato!
Dotti
HERÓIS
Você tem alguma história incrível que gostaria de compartilhar? Alguém que salvou o dia em um projeto ou simplesmente teve uma atitude realmente ótima e vive para sempre em seu coração?
Eu sinto que os que fazem a composição do job são os heróis anônimos: eles são como as últimas pessoas na corrida de revezamento. Eles recebem o bastão quando a equipe está em último lugar e são informados de que precisam quebrar o recorde mundial. Em uma ocasião, quando todos pareciam condenados, pedimos a um compositor que tirasse algumas fotos, e ai ele produziu alguns desenhos e anotações que ele havia pensado alguns dias antes, sobre como ele chegaria ao resultado. Ele salvou o dia com certeza, pelo qual sempre seremos gratos!
Natalie
Eu me lembro de um dia específico em próximo ao Natal, quando estávamos trabalhando em um projeto muito grande e um adorável freelancer se juntou a nós depois de muita procura. Ele estava disponível no último minuto e absolutamente surpreendeu todas as nossas expectativas, e foi simplesmente brilhante. Ele realmente trabalhou duro e foi absolutamente fantástico, mesmo quando tivemos algumas correções difíceis de fazer no final do dia depois de uma chamada de feedback. Era cerca de 18h30 – muito incomum para nós – e ele ainda estava aqui consertando as coisas sem uma palavra de queixa. Obviamente, nós tentamos evitar que isso aconteça e eu nunca esperaria que alguém ficasse até mais tarde, mas ele viu que era uma situação que precisava ser resolvida e ele ficou e resolveu o trabalho. Vou me lembrar dele com carinho para sempre!
Laura
Há algumas pessoas com quem trabalhamos há muito e que sempre trataram nossos projetos como se fossem seus, adicionando muito cuidado extra a eles, mesmo quando os orçamentos não são os melhores. Não esperamos isso das pessoas, por isso é muito tocante ver que alguém realmente se importa com o trabalho e quer ajudar. Também é ótimo quando você trabalha com alguém que tem uma compreensão do trabalho em equipe e está feliz em assumir diferentes funções, dependendo das necessidades do projeto.
Anonymous
EXPERIÊNCIAS RUINS
Você tem alguma situação difícil a ser compartilhada com a qual podemos aprender?
Tivemos algumas situações desagradáveis com algumas pessoas, onde o prazo não foi cumprido, fizeram um trabalho insatisfatório ou não ficaram contentes em realizar um determinado tipo de trabalho. É um risco quando você chama alguém com base em sua reputação na indústria ou através de recomendações e eles demonstram ser menos comprometidos do que você pensava que seriam. Hierarquia é um assunto difícil também. Certa vez, trabalhamos com alguém que se recusou a entrar no clean-up do dia, quando a produção de animação tinha parado. Nós achamos isso um pouco decepcionante, especialmente porque somos um pequeno estúdio e cada dia de produção conta muito para nós. Um incidente engraçado foi um freelancer que não apareceu para o trabalho um dia e não nos avisou.
Anonymous
Tivemos uma situações difícil com um freelancer prepotente, que não teve a humildade de aceitar que ele não era próprio pro trabalho. Entendemos que, se existe um acordo, não queremos descumpri-lo, mas muitas vezes também estamos em uma posição difícil, onde precisamos substituí-los e precisamos reduzir custos. Isso tem que ser uma negociação razoável. Freelancers não são dispensados facilmente – muitas vezes é o resultado final de uma decisão difícil. Então, precisamos ter conversas maduras e abertas para chegar a uma conclusão produtiva.
Julia
A coisa mais difícil de lidar é quando as pessoas mentem nos prazos. Muitas vezes as pessoas nos dizem o que pensam que queremos ouvir, mas essa é de longe a coisa mais frustrante que pode acontecer. Honestidade é sempre a melhor política! Se nos disserem que algo leva 10 minutos, quando realmente é uma hora, isso nos faz parecer estúpidos diante de nossos clientes e prejudica a confiança das pessoas no projeto. Mas quando lidamos com fatos reais, podemos descobrir a melhor maneira de lidar com a situação.
Matt
Experiências ruins para nós são quando os artistas desistem de uma negociação no último minuto ou, pior ainda, quando largam uma produção no meio. É preciso muito esforço para encontrar pessoas boas e, elas raramente estão disponíveis, a qualquer momento, então quando isso acontece, coloca o projeto em risco. 
Natalie
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Uma coisa que as pessoas esquecem é que todos nós, dessa área, estamos no mesmo barco, tentando pagar nossas contas e fazer o melhor trabalho possível ao longo do caminho. Independentemente de você ser um freelancer, um diretor ou um proprietário de estúdio, muitos dos nossos problemas são semelhantes … eles somente possuem proporções diferente. Às vezes eu vejo muitas discussões nas redes sociais, entre Studios e freelancers, e é bom lembrar que, como freelancer, você tem apenas uma ou duas oportunidades com um estúdio para que a parceria dê certo. Um pouco de empatia ajuda a criar confiança e fidelidade entre as partes e evita que parcerias se percam.
Jay
Mantenha contato e nos informe do seu paradeiro. Se você é lembrado, é mais provável que você seja considerado.
Saiba com quem falar em uma empresa, em vez de enviar e-mails para todo mundo.
Seja flexível – alguns trabalhos serão mais fáceis do que outros e você precisa de ter uma atitude proativa.
Não seja crie dificuldades.
Não seja inconveniente!
Julia
Como empregadores, acredito que é nossa responsabilidade informar freelancers e colaboradores quando um projeto (e relacionamento de trabalho) não foi bem-sucedido e, mais importante, por que não foi bem-sucedido. Queremos que nossos colegas sejam bem-sucedidos e dar feedback sobre as coisas que foram frustrantes para nós só os ajudará a não cometer os mesmos erros com outro estúdio. Eu tenho uma regra que, se alguém cometer um grande erro num projeto, por exemplo, eu tento ser bem claro e identificar o porquê disso. No entanto, eu contratarei esses freelancers novamente porque a probabilidade de cometer o mesmo erro novamente é muito baixa! Não somos perfeitos e raramente somos unilaterais quando as coisas desmoronam em um relacionamento de trabalho. Agradecemos o feedback de nossos colaboradores também e levamos isso muito a sério.
Leah
*Todas as imagens acima são de autoria da artista Bee Grandinetti.

Comentários

comments