O Motion Graphics vem crescendo e ocupando espaço cada dia mais no mercado. Hoje já existem vários artistas nomeados que são referências na comunidade Mograph. Grandes profissionais costumam inovar técnicas e estilos e acabam criando tendências, que com o passar do tempo são adotadas por outros artistas e aperfeiçoadas, se tornando belas referências.

Neste ano, algumas tendências manifestaram-se mais do que outras, confere aí.

Transições Suaves

O uso de transições suaves não é algo novo, mas quando usadas geram um resultado muito interessante. Pela particularidade de cada projeto, eliminar cortes entre duas cenas traz milhares de possibilidades de se fazer uma transição sutil e surpreender o espectador de uma cena para outra. Esse estilo tem sido cada vez mais popular no universo do Motion e de longe pede mais do artista na hora da criação do que as transições comuns. Entretanto nem todos gostam deste método, mas é impossível negar a beleza de um projeto que flui de ponta a ponta.

Criado por Pause Fest, esse vídeo é um perfeito exemplo desta tendência, se liga:

 

Este outro vídeo promocional criado para a SAG Awards é outro grande exemplo de Seamless Transitions. Se prestar bem atenção, pode notar onde o animador cobriu os cortes, porém a impressão de imergir no cenário é muito forte.

Documentários Animados

Esse estilo de documentário animado vem ressurgindo, e recentemente ficou popular. Alguns desses vídeos vêm de palestras TED, e designers estão começando a abraçar essa nova tendência.

Um projeto desses leva tempo e habilidade, mas quando bem elaborado pode contar uma história de forma surreal. Este projeto/poema de Eunsung Do é um grande exemplo desta técnica.

O novo ofusca o familiar

A Televisão e a internet estão cheias de projetos bons com ideias iguais, uma mesmice; motions explicativos sem inspiração alguma. Porém, o mercado tem fome de originalidade e os motions designer estão observando isto. Em 2016, veremos mais e mais projetos experimentais tornando-se populares, referências e ditando tendências.

Pocull produziu um vídeo completamente livre de coerência narrativa, mas o design e animação secundários mostram que uma história mais profunda pode ser encontrada.

Por Mr.Kaplin, este outro projeto é um excelente exemplo de um experimento 3D, contando uma história.

 

Vídeos explicativos estão jorrando por ai, e o público deseja mais. Este vídeo do Cromosfere é uma bela mistura de arte e design, que mostra a beleza orgânica com formas 2D e 3D.

Layouts se movendo pela tela

Neste ano veremos muita tipografia e ilustrações à mão se popularizando.

O vídeo criado para o game Call of Duty apresenta layouts tipográficos show de bola, que são mais uma reminiscência de cartazes tipográficos do que títulos de vídeos clássicos.

GIFs por toda parte.

As redes sociais Facebook e Twitter liberaram o upload de GIFs como um novo serviço, e isso está gerando quantidades enormes de anúncios animados. Fora que é um modo dos motions designers alcançarem mais e mais visualizações em seus trabalhos.

O GIF a seguir é de um post fantástico de justGosha, da uma sacada nos Walk Cycles.

1-3NXEDMxxKzLeAxFSWUuCVgGif via Medium

 

Tem alguma tendência, estilo, algo que queira compartilhar conosco? Deixe nos comentários!

 

Fonte: Rocketstock

[sgmb id=”1″]

 

Comentários

comments